segunda-feira, 14 de junho de 2010

E aí, pessoas! O.o

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Gentee! Eu preciso falar, tagarelar, me expressar, botar as cartas na mesa. Tipo, eu não sei. Só tava com saudadesinhas de escrever aqui  U.u Aí RESOLVI FALAR DA MINHA VIDINHA MEDILCRE ( é pelo menos qndo comparada com a vida de luxo da Paris Hilton, Miley Cyrus, Cleopatra, do Bush e etc...)Mas é uma ótima vida qndo comparada a das pessoas pobres que morrem de fome em algum lugar do mundo, enquanto vcs desocupados ficam sentados lendo esses textos idiotas que eu posto! Tá, exagerei um pouquinho.Típico. Eu sempre exagero. Por isso que eu digo: de exageradoe louco todos têm um pouco. Ou será que era de mentiroso e louco? Ah, isso não vem ao caso. Bem, como eu estava dizendo fiz um  trabalho sobre a saúde no continente africano e lá é tão triste (Buuuá!) A cada 30 segundos morre uma criança com malária lá. Isso quer dizer que a cada 30 segundos mas uma mãe perde um filho levado pela doença. Não só a malária mas também AIDS, doença do sono, sarampo e esquitossomose matam muitas pessoas na África. A copa é um bom começo porq quer dizer que o governo quer realmente melhorar as condições de vida por lá.
Falando em copa: animadinhos pro primeiro jogo?(praquebrarcliminharuimné)

 Uhu! VAILÁBRASIL!

                                                             Bjux,

                                                               Aninhah

terça-feira, 1 de junho de 2010

Novidade pra quem gosta de ciência. E quem não gosta não custa nada ler.


O oceano da mais famosa Lua de Júpiter, Europa, pode abrigar vida, de acordo com novas descobertas. Lá pode ter uma quantidade enorme de oxigênio que conseguiria sustentar toneladas de peixes.
Mas calma. Ninguém está sugerindo que você possa preparar um prato exótico com um peixe importado do satélite. Os cientistas acham mais provável que encontremos um tipo de vida similar aos da Terra, mas nada tão empolgante quanto um peixe alien: micróbios.
Europa tem, aproximadamente, o tamanho da Terra, e possui um oceano com profundidade de 160 quilômetros, encoberto por uma crosta de gelo.
Pelo que sabemos que acontece aqui na Terra, onde há água e oxigênio há vida – então há uma chance bem plausível de que encontremos extraterrestres no satélite de Júpiter. E os efeitos que o planeta tem sobre Europa podem aumentar a probabilidade disso.
A radiação que Júpiter passa para Europa reage com o gelo da lua e libera oxigênio, que pode sustentar as formas de vida. A reatividade do oxigênio foi, de acordo com os cientistas, o que ajudou nosso planeta a desenvolver formas de vida multiceluares.